O seguro contra terceiros, ou seguro de proteção a terceiros, é oferecido pelas locadoras com diversos nomes, entre eles o Additional Liability Insurance (ALI), a Extended Protection (EP), a Liability Protection (LP), o Supplemental Liability Insurance (SLI) e a Third Part Liability (TPL).

Essa variedade de nomes gera dúvidas com relação as coberturas, mas no geral, o objetivo é o mesmo: oferecer proteção contra lesões corporais e danos a propriedades de terceiros em caso de colisão. Isso significa que as despesas com os reparos do outro veículo e com os tratamentos médicos dos passageiros serão cobertas pelo seguro.

Será que é dispensável?

Por falta de conhecimento, há pessoas que optam por não contratar essa proteção, por achar que é desnecessária. Mas será que realmente é dispensável?

A Reservecar, sempre antenada com as necessidades de nossos clientes, elaborou este artigo especialmente para explicar como funciona esse seguro.

Confira a seguir os esclarecimentos para principais dúvidas, e tenha todas para informações para decidir se o seguro contra terceiros é uma boa opção para o seu aluguel de carro.

Como contratar o seguro contra terceiros?

Como esse seguro é opcional, ele é oferecido como suplemento aos seguros básicos.

Nas propostas ele é apresentado como uma das siglas que mencionamos no início deste artigo ou simplesmente como proteção a terceiros.

Facilidade e economia

Como contratar o seguro contra terceiros?

Na Reservecar é muito simples alugar um carro com essa proteção. Após realizar uma pesquisa em nosso site, basta clicar na caixa furto e terceiros, opção de filtro disponível no menu lateral esquerdo, para que sejam exibidas somente as opções que já incluem esse seguro. Oferecemos também atendimento 24h através do e-mail contato@reservecar.com.br, para tirar todas as suas dúvidas ou para lhe fornecer qualquer informação que você precise.

Qual é o limite de valor para a cobertura do seguro contra terceiros?

O limite é variável e o valor estará mencionado em uma cláusula específica no contrato das locadoras.

Para uma locação de carro no exterior, por exemplo, o valor poderá chegar a 1 milhão de dólares, ou mais, para cobertura de danos materiais e físicos causados a terceiros, incluindo ferimentos, invalidez e morte causados pelo locatário.

Qual limite de valor para a cobertura do seguro contra terceiros
Fundo foto criado por freepik – br.freepik.com

Já no Brasil, a maioria das locadoras oferecem essa proteção com cobertura para danos materiais e físicos entre R$ 50.000 e R$ 100.000.

Qual é o custo para incluir essa proteção no contrato de locação?

O custo varia de locadora para locadora, de acordo com os valores da cobertura e países de atuação.

Em geral, o custo não é alto, mas é cobrado por dia para todo o período da locação do carro.

Como exemplo, a nossa parceira Localiza oferece o seguro contra terceiros com cobertura de até R$ 100.000 para danos físicos, até R$ 50.000 para danos materiais e até R$ 5.000 para danos morais, por um prêmio diário de apenas R$ 10,00.

Qual o custo para incluir essa porteção?
Fundo foto criado por xb100 – br.freepik.com

Já com a Budget é possível incluir o seguro complementar de responsabilidade (SLI) por apenas U$ 15 por dia, com cobertura de USD 1.000.000 ou U$2.000.000, dependendo da jurisdição da locação.

O seguro contra terceiros tem franquia?

Nem todos os seguros contra terceiros exigem o pagamento de franquia ou participação obrigatória, que é a indenização por custos operacionais em caso de sinistros.

Mas quando a franquia existe, o valor estará especificado no contrato de locação de carro.

Temos como exemplo a locadora Avis, que a título de responsabilidade financeira indica uma franquia de até R$ 1.000 na proteção ALI (Additional Liability Insurance), que tem valor de prêmio de R$ 10,00 por dia para todos os grupos de veículos.

No geral, quanto maior for o valor da franquia, menor será o prêmio  a ser cobrado por dia para incluir o seguro contra terceiros.

Quando acionar?

Após uma colisão, apurar quem são os culpados não é a parte mais fácil.

Mas, para acionar o seguro contra terceiros você precisará ser o culpado e assumir a responsabilidade pelo acidente.

Quando acionar seguro contra terceiros?

Aguarde a chegada das autoridades locais e avise aos envolvidos que você possui um seguro de proteção a terceiros. Em seguida, faça contato com a locadora do carro para que ela registre o sinistro.

Quais são os próximos passos?

Geralmente serão solicitados documentos do veículo, do motorista e dos passageiros, e o carro do terceiro deverá ser encaminhado a uma oficina indicada pela locadora. A indenização será realizada após os cálculos dos danos, de acordo com os valores estipulados na apólice do seguro.

Quando há danos físicos, que necessitem de socorro médico ou atendimento hospitalar, é necessário que o terceiro apresente também todos os comprovantes de gastos com consultas, medicamentos e possíveis cirurgias, para que a locadora providencie o reembolso.

E em algumas locadoras, o seguro contra terceiros também inclui cobertura para danos morais, ou seja, proteção para quando o terceiro se sente lesado moralmente pelo locatário. Nesse caso, cabe ao terceiro abrir um processo por danos morais, e ganhando a causa, a locadora arca com a indenização até o valor estabelecido em contrato.

Dirija com segurança e tranquilidade

Segurança e tranquilidade para dirigir
Carro foto criado por freepik – br.freepik.com

Os procedimentos acima podem sofrer variações de uma locadora para outra, mas você não precisa se preocupar, pois todas as orientações serão passadas na abertura do sinistro.

Agora que já sabe como funciona o seguro contra terceiros, você certamente percebeu que incluir essa proteção lhe trará mais tranquilidade para dirigir, e você ainda contará com o suporte da locadora para lidar com os imprevistos que possam ocorrer.

No site da Reservecar você terá acesso a várias propostas em apenas uma única pesquisa.  Conte conosco para alugar seu carro com máxima proteção!