Canadá é destino certo para quem sonha viver outra realidade

O Canadá traz em sua essência uma pluralidade de paisagens com o poder de enriquecer as férias de qualquer pessoa que tenha o sonho de visitar as terras canadenses. Incríveis florestas, montanhas com neve, campos extensos e abertos e lagos estonteantes de cor azul-esmeralda são apenas algumas das características que este país multicultural apresenta.

Porém, para aproveitar toda essa diversidade a dica é se empoderar e alugar um carro para percorrer as belas estradas que ligam as principais cidades, como Toronto, Ottawa e Quebec, com direito a uma paradinha das incríveis Cataratas do Niágara, localizada no rio que leva o mesmo nome, em Ontário, eternizada em filmes, desenhos e na memória dos turistas que visitam esse ponto turístico canadense de força e beleza inexplicáveis.

Antes de começar a planejar a viagem é preciso se atentar as médias de temperatura que variam bastante não só de estação para estação, mas também de província para província. Então, visitar o país numa determinada época não garante que o mesmo clima irá permear todas as cidades que visitar. As variações podem mudar a percepção que se tem sobre o país. Por isso, determinar o foco da viagem será um ponto decisivo para escolher a melhor época do ano para viajar.

Quem curte esportes de inverno pode ir sem medo visitar o Canadá entre novembro e abril, onde as médias são bem baixas e até negativas. Entretanto, quem quiser aproveitar o país com outra cara pode começar a pensar em “turistar” entre maio e outubro. Já quem quer garantir um clima mais ameno pode apostar nos meses mais quentes do ano, que são junho, julho e agosto, mas lembrando que a média máxima das principais províncias não chega a 27º. Então, brasileiro acostumado com o calor tropical deve se preparar.

Bom, agora que você já está por dentro da diversidade de paisagens e do clima canadense, é hora de cair da estrada e conhecer de perto essas províncias estonteantes e cheias de beleza que irão te surpreender.

Toronto

A cosmopolita Toronto vai te surpreender

Vamos começar o passeio pela cosmopolita Toronto, capital da província de Ontário. A cidade tem uma vida noturna pujante e multicultural, assim como toda sua essência. Em meio a arranha-céus e uma rotina dinâmica, Toronto abriga belezas naturais surpreendentes, como diversos parques e áreas verdes para descansar após longas caminhadas pela cidade.

Um desses lugares é o histórico Queen’s Park. O local fica próximo de outros pontos turísticos, trazendo diversidade ao passeio. Outra opção é e o High Park, um dos maiores e mais movimentados parques da cidade, que traz inúmeras opções de lazer em seus mais de 160 hectares de área no meio da cidade. Vale a visita em qualquer estação do ano.

Um dos pontos turísticos mais incríveis fica na fronteira entre os EUA e a cidade de Ontário, no Canadá. As Cataratas do Niágara ficam a um pouco mais de duas horas de Toronto.

O lado canadense não deixa nada a desejar do lado norte-americano, mas, se quiser visitar a parte localizada nas terras do tio Sam, é necessário visto norte-americano. Independente se visitará apenas um lado, nem é preciso dizer que vale ir ver de pertinho uma das paisagens mais icônicas do mundo.

Ottawa

Ottawa tem uma cena cultural pujante

Hora de pegar o carro alugado em Toronto e começar a subir para visitar outras cidades canadenses quase que obrigatórias para quem está turistando pelo belo Canadá. A próxima parada é Ottawa, a capital do país, também na província de Ontário, a cerca de 4h30 de Toronto. Uma cidade que respira e expira cultura.

Em Ottawa fica a Colina do Parlamento, uma área que abriga diversas construções públicas e privadas com uma incrível arquitetura vitoriana e grande carga cultural. O local é considerado um dos principais pontos turísticos da região. É a chance de fazer uma imersão na história canadense por meio de bibliotecas, memoriais de guerra e visitas guiadas.

Além da história do país contada por meio de arquitetura e política, os museus trazem uma riqueza cultural enorme para quem se aventura em suas instalações. Como é o caso da National Gallery, uma galeria construída de vidro e granito de encher os olhos com peças de arte indígenas e outras obras de arte de todo o país. 

Para completar o passeio, vale visitar o canal Rideau, que durante o Verão fica repleto de barcos que, no inverno, dão lugar para os patinadores em suas águas congeladas. O canal fica ao lado de um parque. Vale andar por suas margens e aproveitar a paisagem, trilhas e ruas arborizadas canadense de forma tranquila.

Quebec

Quebec é um pedaço da França no Canadá

Dando continuidade a isso aventura pelas Autoroute 50 e 40 do Canadá, o destino é a bela Quebec. A cidade fica a quase 4h30 de Ottawa. Margeando o rio São Lorenço, a província é um pedacinho da França no país. A maioria das pessoas fala francês e suas ruas e estabelecimentos lembram as vias parisienses, com lojas e bistrôs. Um convite a um passeio tranquilo e carregado de cultura.

O que chama a atenção logo de cara são os quase 5 km de muros que rodeiam parte da cidade, fruto do conflito na época da colonização entre ingleses e franceses. A parte histórica da cidade, a Velha Quebec, é reconhecida como patrimônio mundial da UNESCO.

Sua atmosfera provinciana deixa tudo ainda mais rico e belo, dando um aspecto cinematográfico aos passeios por pontos turísticos como o Château Frontenac, um dos hotéis queridinho dos cliques dos fotógrafos e um marco da cidade, o antigo porto Vieux-Port, a catedral Notre-Dame e ruas que fervilham de turistas, como a Petit-Champlain e St-Jean.